Daily Archives: 23/08/2014

#day5

Hoje não foi um dia bom. Não foi mau, também. Foi apenas um dia. Mais um. Menos bom. Sem grandes motivos para sorrir.

Sem grandes motivos para sorrir? Apercebo-me de repente que motivos para sorrir não me faltam. Porque os sorrisos nascem de pequenas coisas. Pequenos gestos. Que são em tudo enormes.

Lembro-me de repente que há pessoas que dispendem do seu tempo para me enviar postais, seja em que parte do mundo for, até mesmo aqui dentro do rectângulo. Há pessoas que dispendem do seu tempo e saber fazer para me “intervencionarem”. Há pessoas com magia na ponta dos dedos que fazem coisas de coração que nos enchem de luz e amor.

Há também absolutos estranhos que, sabe-se lá porquê, me deixam flores no carro.

Há pessoas que dispendem do seu tempo “só para te deixar um beijo”, ou “para saber como estás”.

Há pessoas que me mimam com mensagens só porque sim, ou que respondem “não mandas por correio porque quero beijar essas bochechas”.

Há pessoas que me dizem “sabes que estou aqui mesmo que agora não esteja perto”.

Há pessoas que poucas horas antes de arrancarem para férias me desafiam e insistem para que as acompanhe.

Há pessoas que combinam cafezinhos com jantar a seguir só porque sim.

Há pessoas que me deixam ser. Há pessoas que me deixam estar. Há pessoas que dão um murro na mesa no momento certo e me “gritam” mesmo que não seja gritando “reage, porra!”.

Sem grandes motivos para sorrir? Como assim? Tenho tantos agora que os conto ♥

E só por isso o dia deixa de ser só mais um dia e passa a ser um dia bom.

10153648_10152418216078800_2327324092538756390_n