#day157

Noites mal dormidas. Ou simplesmente não dormidas. Passadas em claro na escuridão que vai cá dentro onde se escondem todos os demónios.
E como demónios é à noite, nas minhas noites, que se soltam, divagam e me visitam.

Sim, ainda tenho um longo caminho a percorrer.

O medo, as memórias, as dúvidas, as inquietações, as inseguranças. No fundo, os demónios. Conheço-os todos. Sei o nome de cada um. Mas nem por isso somos amigos.

Mas mesmo no turbilhão das visitas destes demónios há certezas. Que guardo comigo. Mesmo que em simultâneo me assaltem dúvidas infundadas de castelos no ar.

Há pontos de luz no meio da escuridão. Há pingos de cor no meio do cinzento.

E só por isso vale a pena continuar a percorrer o longo caminho que tenho pela frente. O meu caminho. O meu percurso. O meu processo.10487594_10152771481828800_2942963286452245382_n

{comentários}