#day178

Depois de ontem veio o hoje. E se o ontem foi o que foi, mau, magoado, dorido, zangado, triste, o hoje foi {mais} tranquilo.
A mágoa, a desilusão, continuam cá. Mas de hoje, o que conta mesmo, o que foi realmente importante, foi a nota de alta.

A partir de hoje, 8 meses depois, aquela porta volta a estar ali assim, à distância. Onde passei tantas vezes e, lembro-me bem, de cada vez que passava baixava a cabeça para fazer de conta que aquela porta, entrada para resolução de dores, não existia. Porque sempre achei que se evitasse olhar para ela, nunca teria que a cruzar.

A partir de hoje, dia de alta 8 meses depois, quando por ali passar, olharei para aquela porta de cabeça erguida. Por já a ter cruzado e porque faz parte da minha História. Olharei para aquela porta à distância porque não quero precisar de voltar a cruzá-la. Mas estarei sempre profundamente grata pelo que acontece para lá daquela porta.

E hoje foi um dia bom só por isto. Aliás, não só por isto. Mas essencialmente por isto. Nota de alta.

Sim, hoje FOI um dia bom.10990018_10152820636763800_6254172703952733594_n

{comentários}

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.