Daily Archives: 17/04/2015

#day242

Ir buscá-los à escola é:

• Miguel
– chegar e encontrá-lo no baloiço. A educadora chamá-lo e o sorriso rasgar-se naquela cara doce. Em menos de nada, “desligar” o sorriso e concentrar-se em ir cada vez mais alto.
Minutos depois, já ao colo no meio de abraços, diz-me: “eu vi-te, tia. Mas não te liguei nenhuma! Viste?!”

• Filipe
– aparecer de repente por detrás do pai da Sú. Vê-lo primeiro sem me ver. Depois de me ver, perceber que está a processar a informação. Passar do “olha uma pessoa” ao “olha uma pessoa que eu até conheço mas não é daqui” ao grito histérico “tiiiiia”. E vê-lo correr para o mergulho de cabeça habitual de quem salta para um abraço com total confiança.

Os meus Dois, os meus Tudo.

{e dar por mim a cantar “eu tenho dois amores, que em nada são iguais (…) um é louro (…) outro é moreno”…}

10408690_10152966907963800_6563544034442535517_n