#day280

Tira dali, arrasta para aqui. Muda de um lado, põe no outro.
Lava, limpa, esfrega.
Carrega, acarta, desmonta, remonta.

No meio disto tudo, as costas que há mais de duas semanas me dizem que não tenho a postura correcta nem juízo nenhum. E um pé torcido que começa a doer e a inchar apenas 48 horas depois.

Cansada. Moída. Dorida. De corpo, não de alma.

E a noite que termina voltando ao telhado. A um telhado novo depois de um jardim novo, alternando entre um e outro. Um telhado permanente. Um jardim temporário, até um dia.11266654_10153052185318800_153948923421530939_n

{comentários}