Daily Archives: 11/06/2015

#day296 {que na verdade é #day297}

Patos que miam, gato que grasna. Qualquer dia é assim.

É delicioso observar os patos que se deslocam em bando para todo o lado. Quando um se lembra de ir comer, todos os outros vão comer também. Quando um se lembra que tem sede, todos os outros vão beber água também.
Dormem todos numa bola de penas amarelas e ao mínimo ruído é ver as cabecinhas a erguerem-se.

E depois vem o gato. Que é minúsculo e passa pela vedação. E tem medo dos patos, mas não tem vergonha nenhuma. E aproxima-se devagarinho. Em pose de felino predador. Os patos recuam, recua o gato também.

Tenho para mim que, qualquer dia, andam todos em bando, os patos e o gato.

E eu deixo-me ficar, deliciada a observar. E a rir das patarequices dos patos e das patacoadas do gato ♥

Ou melhor, deixei-me ficar. Um dia destes volto lá. Já os patos e o gato vão estar maiores. E, quase aposto, em amena cavaqueira.

Para já, recolho à minha casca. Trago comigo uma constipação e uma mão cheia de certezas e outra de perguntas que não faço por não querer fazer. Talvez quando lá voltar.

{nota: nenhum ser senciente foi maltratado na elaboração desta publicação}11216798_10153096878883800_6157883237437092099_n