#day363

Funny how life works.

Nunca gostei da frase “ninguém é insubstituível”. Cruzei-me muitas vezes com ela em ambiente de trabalho, essencialmente, mas fora dele também.
Nunca a vi como verdadeira. Não me fazia sentido. Nunca me soou bem.
Porque, mesmo em ambiente de trabalho, cada pessoa é única. Como tal, não pode nunca ser substituída.

O Alexandre que {nos} chegou hoje nunca irá substituir o Alexandre que {nos} levaram naquela madrugada de Novembro. Mas traz, sem dúvida, um outro alento. A todos.

Não há substituições. Mas há um renovar de energias, um renovar de esperanças. Um renovar de coisas boas.

E um relembrar que, mesmo depois de tanto que foi tão mau, é possível haver tanto do que é tão bom.

Se naquele dia, naqueles meses, me doeu perder um Alexandre, hoje vibro e aplaudo e agradeço a chegada de um novo Alexandre.

Afinal, aquele portão vai voltar a abrir-se. E eu estou tão feliz por isso. Por todos.

image

{comentários}