{do escrever}

Apetece-me escrever. Preciso de escrever.
Escrever é exorcizar. E ainda há o que exorcizar. Vai haver durante muito Tempo. O Tempo que for preciso.

Não escrevo para mais ninguém que não para mim. Escrevo. Leio. Releio. Volto aos arquivos vezes sem conta.

Hoje preciso de escrever. Mas fui aprendendo que nem sempre devo escrever a quente. Mesmo que o faça apenas para mim.

Aprendi, também, que muito do que escrevo, ainda que o faça para mim, é para outros. Para substituir conversas que não têm lugar. Nem no Tempo nem no Espaço. E se calhar deviam ter.

Apetece-me escrever. Vomitar palavras que me sufocam por não as suportar mais.

…mas não o vou fazer. Porque, hoje, o lugar delas não é no éter. Hoje, o lugar delas seria nas conversas que não têm lugar. Nem no Tempo nem no Espaço.

image

{comentários}

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.