#day411

Dizem que hoje é dia de reflexão.
Reflecti, mas não flecti.

Se as dores de dentro vou suportando {quase} em silêncio, as de fora, as físicas, hoje estiveram presentes ao ponto de se tornarem {quase} insuportáveis.

Mixed feelings allover again. Das dores de dentro que se confundiam com as dores de fora, as físicas. Silêncios de dentro que teimam em querer sair, esgares de dores que inutilmente tentei guardar.

Aquilo que já não quero mais, que sempre quis. Aquilo que quero mais que tudo neste momento, ainda que recorrendo ao que procuro evitar, os químicos.

As dores. As de dentro e as de fora, as físicas. Ambas irão passar. As de dentro com a ajuda do Tempo. As de fora, as físicas, com a ajuda que for necessário.

E, no final do dia que é de reflexão, reflecti mas não flecti. E entendo, como já devia ter entendido, que tenho que conhecer e respeitar os meus limites. Os de dentro e os de fora, os físicos.

No final, apenas isto: mais um dia. Com tanto de bom como de mau. Numa espécie de equilíbrio.

image

{comentários}

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.