#day112 out of 365plus1

Fazes-me falta. Nunca fui apologista daquela coisa de “só faz falta quem cá está”. Porque se está não falta. Porque não estar pesa.

Fazes-me falta. De diversas formas, por diversos motivos, em diversos momentos.

Fazes-me falta. Não há muito mais que possa dizer ou fazer. Fazes-me falta e é só.

Recordo outros tempos, outras vidas?, sinto as diferenças que o Tempo trouxe. Fazes-me falta e a maior diferença nem é essa. Porque, percebo agora, de certa maneira sempre me fizeste falta.

Fazes-me falta. Há tanto Tempo que não dei conta do Tempo passar. Há tanto Tempo que não dei conta da falta que me fazias. Da falta que me fazes.

Da falta que continuarás a fazer-me.

Fazes-me falta.

image

{comentários}