#day117 out of 365plus1

Tudo tem os seus ciclos. Até as árvores.

Não posso esquecer-me de ser árvore. Raízes vincadas no solo, ramos rumo ao alto qual cabeça erguida depois de tanto tempo de olhos postos no chão.

Não posso esquecer-me de ser árvore. Mesmo que os meus ramos estejam de novo despidos.

Tudo tem os seus ciclos. Até as árvores. E até as árvores se voltam a vestir num novo ciclo que chega após chuvas e ventos e tempestades.

Não posso esquecer-me de ser árvore e enfrentar as tempestades com a certeza que, mais tarde, mais forte, os meus ramos serão maiores e voltarão a ter cor.

Tudo tem os seus ciclos. E eu, árvore ou não, também.

image

{comentários}