#day335 out of 365plus1 

Pode uma tempestade ser bonita? Pode. E é, sempre. 

Mesmo que seja uma tempestade interna que, como todas as tempestades, acaba por passar. Mais depressa umas vezes. Mais demorada outras tantas, com muito trabalho de reforço e resistência. 

Acaba sempre por passar, a tempestade. Seja interna ou a da chuva e vento lá de fora. E tudo o que vem depois da tempestade é bonito. Como a própria tempestade, ainda que tantas vezes assustadora. 

Pode uma tempestade ser bonita? Pode. E é. Sempre. Mesmo que assuste e magoe e destrua. 

{comentários}

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.