{#página28} 

As memórias não se apagam. Sejam boas ou más, ficam para sempre gravadas. 

As memórias. As novas não se sobrepõem às antigas, as boas não eliminam as más. Guardam-se. Todas. 

Preferia recorrer às boas mais do que às más. Preferia, até, encontrar o lado positivo das más. Se é que existe. 

Procuro construir novas memórias todos os dias. Preferencialmente boas. Mas preciso, muito, acalmar as outras, antigas e más. 

{comentários}

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.