{#página48} 

“Lembras-te do que falámos sobre a expressão ‘sozinha’? Gostava que reformulasses a frase.”

Não. Nem sempre é possível substituir “sozinha” por “sem o apoio de”. 

Porque é, de facto, sozinha que ao fim do dia tudo piora. E é sozinha que vou seguindo este caminho. Esta luta. Este luto. Porque, sei-o, é só meu.

Sozinha. 

{comentários}

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.