{#página110} 

Baby steps. Atabalhoados, muitos deles, muitas vezes. Mas necessários. Cair, levantar, para cair novamente e voltar a levantar. Conhecer o ponto de equilíbrio. E avançar.

Baby steps. Nada mais que baby steps. 

{comentários}