{#página139} 

“Tu és instável. Sempre foste.” 

Cada vez mais. E um dia perco-me. Por aí. 

{comentários}