{#página144} 

No fio da navalha. De novo. E a precisar de sair dele. 

{comentários}