{#29.337}

Ainda a tentar perceber se ontem vi ou não vi o que me convenci a mim mesma que vi.

E se não tiver visto, apenas tiver achado que vi porque os olhos também enganam e os meus já tiveram melhores dias?

E se, por outro lado, tiver mesmo visto o que acho que vi sem ter já certeza de nada?

Um gesto. Um simples gesto. De cumplicidade, de união, de uma história… Vi ou imaginei?

A dúvida vai ficar por cá algum tempo. Talvez um dia se dissipe ou talvez se esclareça. Mas não vou perguntar. A menos que me seja aberta a porta directamente para o fazer. E mesmo assim…mesmo assim prefiro manter comigo o pior cenário.

Dói menos. Mesmo que a dúvida se instale e corroa.

{comentários}