{#66.300}

“Estás num processo de reconhecimento da mudança, devias escrever sobre isso, é importante.”

Vou escrevendo e reconhecendo a mudança. Mas não me alongo demasiado. Por medo de regredir e voltar àquele lugar escuro e feio.

Por agora respiro, não me afogo nem tenho necessidade extrema de me manter à tona. Estou bem. Ou, pelo menos, melhor. Curada? Dificilmente. Ainda há muito que trabalhar e marcos a ultrapassar.

Mas sim, reconheço a mudança.

E aceito-a tal como é: positiva.

{comentários}