{#115.251}

No limbo, entre a Luz e a Sombra. No indefinido, no que não é nem deixa de ser.

Tenho feito a minha parte no jogo, tenho tentado o que é de tentar. Sei que disse que não vou desistir, mas o limbo… Nunca gostei do limbo e já lá estive demasiadas vezes. Não queria voltar lá, mas já lá estou outra vez.

Nem sim, nem não. Nem agora, nem depois. Limbo. Não é sequer uma indecisão. É um nada.

Até quando continuar no jogo? Até quando permanecer no limbo? Até quando manter o capítulo aberto?

Mereço mais. Mereço mais, bolas! Mas também é verdade que sou eu quem permite este estado.

Até quando?

O limbo é um lugar feio que não leva a lugar nenhum. E eu quero chegar a algum lugar. Que não o limbo.

{comentários}