{#199.167}

Deste dia há 4 anos…

Ainda me lembro. De tudo, desde o momento em que me disse “vou para aí” até ao momento em que saí do carro, passando por toda aquela conversa que quero esquecer.

Ainda me lembro de cada palavra, cada frase, cada gesto, cada música, cada lágrima.

Eu e a minha memória…

Lembro-me de tudo.

Mas já não dói tanto como doeu naquela noite e como ainda doía há um ano.

Estou uma crescida. E sou o orgulho de tanta gente.

Hoje arrisco-me a dizer (baixinho para não afugentar) que estou em paz com este dia. Com e este dia e talvez com outros também.

Cresci na escuridão dos últimos anos. Mas bolas, cresci! Foram, têm sido, 4 anos de luta. E acredito que posso dizer, finalmente, que estou a vencer essa luta.

Parabéns para mim!

{comentários}

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.