{#163.203.2019}

Sou perita em esperar. Espero, espero e espero. Sempre à espera que algo aconteça.

Um dia deixo de esperar e faço acontecer. Mesmo que, enquanto vou esperando, deixe aqui e ali pequenos pontos de referência do caminho que pretendo seguir. Mas, pelos vistos, não é suficiente.

Vou, ainda assim, recolhendo pequenos nadas que me aconchegam. Como ontem, novamente. Como espero que haja mais um pequeno nada ainda hoje.

Lá está, vou esperando. E essa espera, estupidamente, é demasiado confortável. E é preciso sair da zona de conforto urgentemente.

Um dia. Um dia deixo de esperar e faço acontecer. Já esteve mais longe.

{comentários}

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.