{#232.134.2019}

A ver os dias passar. Depressa e lentamente ao mesmo tempo. Se há uns tempos achava que os dias corriam o risco de simplesmente não passar por estar presa num carrossel comboio fantasma montanha russa que não precisa de moedas, hoje vejo-os a passar à frente dos meus olhos sem conseguir agarrá-los para os aproveitar.

Gente estranha, esta, que nunca está satisfeita. Gente estranha, eu, que nunca estou contente com a velocidade dos dias.

Por outro lado, são dias serenos. Quase tranquilos. Melhores hoje do que há uns tempos.

E são dias melhores assim.

{comentários}

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.