{#166.201.2020}

Aproveitar o sossego. Não fazer nada. Domingo a saber a domingo.

E tanta coisa a passar-me pela cabeça. Mas daquelas que não me inquietam, apenas passam e não ficam muito tempo.

Já lá vai o tempo da inquietude. Daquela inquietação que trouxe comigo tanto tempo que me fazia ter pipocas na cabeça.

Hoje trago apenas borboletas na barriga. Ainda cá andam, as borboletas. Todos os dias as sinto, embora estejam mais presentes menos tempo do que gostaria. Sentem-se mais com os pequenos nadas. Como ontem.

Agora é preparar-me para mais uma semana. Que se prevê agitada e com pouco ou nenhum sossego.

Aproveitem-se os últimos momentos de um domingo que está no fim. Amanhã vai ser melhor.

{comentários}

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.