Daily Archives: 01/09/2020

{#245.122.2020}

Acordar de madrugada, por nada, motivo nenhum, e receber mais uma amostra de pequenos nadas. São coisas tão simples e tão pequeninas que para muita gente não significam nada, mas que para mim têm um peso grande.

Mas não passam disso mesmo, pequenos nadas. Ainda assim roubam-me um sorriso ensonado e ajudam a voltar a adormecer mais aconchegada.

Agora faço por ficar quieta no meu canto novamente. Provavelmente não por muito tempo, porque não sei ser de outra forma. Mas fico quieta com um sorriso. Pequenino, quase imperceptível, mas que está cá.

Porque há coisas pequeninas que me sabem bem. Como estes pequenos nadas que de vez em quando aparecem. E me roubam sorrisos.

E, entretanto, chegou Setembro. Mas, enquanto puder, vou fazer de conta que ainda não chegou. Não estou preparada para ele. E, neste ano que parou a meio de Março, tudo é possível. Como fazer de conta que Setembro não está já cá. Vou prolongar o Verão enquanto puder.