{#285.82.2020}

Mais um Domingo que termina. Mais uma semana que se vai. Mais um dia, menos um dia. Este ano, apesar de tudo o que trouxe, está a passar rápido.

Amanhã mais uma semana que começa. Mais uma semana de trabalho que vai ser igual às outras dos últimos quase 7 meses.

Seja. Pelo menos tenho dias para contar. Não que tenha motivos para os contabilizar como já tive, mas são dias que são meus. Que me são alguma coisa. E espero ainda ter muitos pela frente.

Assim como espero que as coisas melhorem para poder recomeçar a ter dias diferentes.

Estou cansada disto. Mas não me vejo tão cedo a querer sair do meu perímetro de segurança para uma rotina dita normal.

Estou bem assim, no fundo. Apenas tenho dias em que tudo é igual. Mas não serei a única a sentir assim. Por isso, não estou sozinha.

Por agora, contento-me com breves saídas ao final do dia. É o que é possível. É o que há.

Mais um Domingo que termina. Passou como todos os outros Domingos. Demasiado depressa para lhe dar a devida importância e atenção. Quando a vontade é fazer do Domingo um dia digno de nota, vontade que tenho há muito tempo.

Enfim. Mais uma semana que termina. Mais uma semana que se aproxima.

Amanhã será melhor. Igual. Mas melhor.

{comentários}

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.