{#28.338.2021}

Às vezes apetece-me fazer ctrl+alt+del para reiniciar esta treta toda.

Não podendo, tento fechar todos os processos que não interessam. Mantenho a funcionar só o que é importante. E, pelo meio, tento não perder o foco.

Hoje não foi um dia mau. Foi só mais um dia igual aos outros. E amanhã será igual, se não puder ser melhor.

E só me apetece dizer “bom dia!”. Nunca me tinha apercebido que gosto mesmo de dizer bom dia. E por isso continuo a fazê-lo, mesmo que por vezes não tenha retorno. E termino sempre o dia a dizer boa noite,, pelo menos enquanto continuar a fazer sentido.

E não, aqui no bom dia e boa noite não me apetece um processo de reiniciar o sistema. Não podendo estar melhor, está muito bom assim. Especialmente quando penso que já vai fazer um ano que disse o que trago cá dentro. E nada mudou. Porque não tinha que mudar.

Mas chega a hora de terminar o dia e até a esta hora é preciso manter o foco e o equilíbrio para não me deixar levar pelo medo. É tão fácil ser levada pelo medo. E eu sei até onde é que o medo me pode levar. E não quero.

Por isso, foco-me nas rotinas de fim de dia e preparo-me para reiniciar o meu sistema. Amanhã regresso à rotina de trabalho e tento dar o melhor que consigo.

Amanhã não será um mau dia. Será, isso sim, mais um dia de foco e equilíbrio.

{comentários}

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.