{#78.288.2021}

Não gosto de silêncios que se prolongam no tempo. Só posso esperar que esteja tudo bem, sabendo que, não estando, não tenho como saber nem como ajudar.

Vamos acreditar que sim, que está tudo bem. Não pode ser de outra forma.

Entretanto, entre dúvidas, inseguranças e receios, despeço-me do Inverno, finalmente. Que a Primavera que amanhã começa traga boas notícias, para todos e a todos os níveis.

Tenho medo, não nego. Já aqui estive antes e não foi bom. Não pode ser de novo. Por isso vou continuar a acreditar que não se passa nada. Que está tudo bem. E no final vai ser isso mesmo, vai estar tudo bem.

Amanhã é um novo dia. É sábado. Chega a Primavera. E hão-de chegar boas notícias. É só o que peço.

Será melhor. Será um bom dia. E hoje, novamente, o Mar. Talvez amanhã o veja novamente, se a minha ansiedade assim o permitir.

{comentários}

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.