Daily Archives: 12/01/2022

{#12.354.2022}

Quarta feira e o silêncio. Novamente. Como acontece de vez em quando mas que mói sempre. E dói.

E a mesa no café que se mantém para uma pessoa apenas…

Não, mesmo assim não acho que seja “uma parvoíce”. É o que é. E é bom. E é bonito. E o silêncio existe porque não há obrigação nenhuma de retorno. Mas o retorno acaba sempre por acontecer. E sei que, um dia, a mesa no café será para dois. E haverá conversa. E risos. E partilha.

Sim, a questão da “parvoíce” está cá entalada. Não concordo nada com essa ideia. Ideia que sei ser de convicção e por isso me magoa. Dói mais do que o silêncio que de vez em quando ocupa o lugar do retorno.

Enfim…também isso é o que é. Amanhã vai continuar a magoar. Mas o retorno acabará por acontecer e irá romper o silêncio. E um dia, sei-o porque o sinto, irá o retorno ser mais do que uma simples quebra do silêncio e irá mostrar que não é “parvoíce” nenhuma.

As coisas levam tempo. E eu não tenho pressa. E o tempo vai dar-me razão.

Não, não tenho dúvidas disso. Por agora vou seguindo a olhar para cima, como sempre. E sempre sem pressa, porque não adianta ter pressa, especialmente quando já se sabe que algo está para acontecer. Mesmo que não se saiba quando.

É o que é. Será o que tiver que ser. Quando tiver que ser. Mas vai ser.