Daily Archives: 06/05/2022

{#126.240.2022}

Sexta feira e pensei que nunca mais cá chegava. Tão cansada…não posso continuar a ir dormir tarde todas as noites. Mas é mais forte que eu…

Sexta feira e nem porto de abrigo nem tempestade perfeita. Sem sinais de nenhum dos dois jogos. Silêncio. E é tão estranho esta espécie de vazio. E se o silêncio da tempestade perfeita não magoa, no caso do porto de abrigo dói. Muito.

Enfim. É o que é. Tanto um caso como o outro, apenas é o que é. E tenho que me habituar a isto. Ao silêncio. À ausência. E à distância, mesmo que sejam duas distâncias tão distintas, tão diferentes.

Aproveito para descansar. E preciso tanto de o fazer.

Amanhã será dia de sobrinhos que ainda chegam hoje. E para eles preciso de ter alguma energia. Para os sentir e saborear. Por eles? Tudo. Para eles? Tudo também.

Mas o silêncio das distâncias bem que podia ser quebrado…mas não o será por mim.