{#166.200.2022}

Faltam 200 dias para acabar o ano…e a questão que se impõe é: quantos dias faltam para o jantar que teima em não acontecer?

“Tenho que olhar para a agenda”, dizem-me. Pois que olhe. E, para variar, eu que espere.

Quem quer chegar a todo o lado, ou não chega a lado nenhum ou perde(-se) pelo caminho. E eu aposto na segunda parte.

Estou zangada. Não queria, mas estou. E tenho todo o direito a estar. Sei o meu lugar na lista de prioridades, mas também sei que neste momento merecia um bocadinho mais. Nem que fosse um bocadinho mais de respeito. Pelo que sinto e pelo tempo que passou desde o primeiro dia. E o tempo, para mim, é muito importante. E o outro lado sabe da importância que dou ao tempo. Ou devia saber…

Zangada. Muito. Tanto. Como há muito tempo não estava. Com quem nunca pensei estar. Mas estou. E triste com tudo, mas acima de tudo triste por estar zangada.

Sei que mereço mais. Apesar de tudo, mereço mais.

Um dia, quem sabe, acerto. Hoje ainda não foi o dia.

{comentários}

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.