{#317.49.2022}

Domingo e dia de consulta com o terapeuta fofinho. Voltar a pôr as coisas em perspectiva, parar para pensar em outras justificações que não eu, o denominador comum, para o silêncio e ausência. Sim, eu sei que podem existir mil razões que me escapam. E sei que há a necessidade de tempo e espaço. E pode ser o suficiente para a falta de disponibilidade para uma resposta. Mas há uma data marcada que se aproxima…e eu tenho que me organizar. E perceber se sou ou não bem vinda…

E o início da noite e novamente a descoberta. Sei o que vem dali. Vem sempre o mesmo… E, mais uma vez, vou ver até onde isto vai. É uma massagem ao ego? É. Mas também mereço ir à descoberta.

Amanhã, o regresso à rotina de trabalho. Ainda em casa. E a contar os poucos dias que faltam para as férias.

Mas será um dia bom. Porque eu quero que assim seja. Com ou sem retorno. É o que for…

{comentários}

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.