{#054.313.2024}

Começa a chegar a altura de aceitar… Estou em negação mas vou enfrentando as dificuldades como se fossem passageiras. Não são. Vieram para ficar de vez.

Continuo a fazer a pergunta que não tem resposta: porquê eu? Nunca terei resposta para isso…

Hoje foram praticamente 5 horas de hospital. Fisioterapia ainda em fase de avaliação. Consulta com a médica fisiatra que demorou mais de uma hora e o de tudo foi abordado.

Os resultados dos exames demoram para fechar o diagnóstico, mas a máquina está a mexer.

Amanhã? Yoga que é mesmo para manter. E, à tarde, descansar e ganhar coragem para o que trouxe para ler e aplicar em exercícios físicos no domicílio. Depois? Logo se vê… Um dia de cada vez. Sem pressa. E, claro, devagar, devagarinho, contrariando as contrariedades.

{comentários}

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.