Category Archives: {#08.2018}

{#232.134}

Desmotivada. É isso.

Pouca coisa me motiva a seja o que for. E se, por acaso, encontro um mínimo de motivação, é certo que vem logo algo lembrar-me que não vai resultar.

Não me lembro de alguma vez ter sentido tanta desmotivação como agora. Mas quero acreditar que também isto vai passar…

{#231.135}

Há 4 anos a escrever todos os dias. Muitas vezes apenas em jeito de tirar apontamentos. Mas são 4 anos, todos os dias. Sem excepção.

Há 4 anos a escrever todos os dias. Sem excepção. Nos dias bons e nos outros. Mesmo quando deixo em branco o que escrevo.

Um dia paro. Não hoje. Um dia.

{#228.138}

Sempre fui a minha pior inimiga. Sempre o soube. E continuo a ser. Por isso é que falho tanto e de tantas formas.

Como agora. Outra vez.

{#226.140}

Já dei por mim simplesmente a olhar para ti. E já percebi que podia ficar assim, simplesmente a olhar para ti, durante muito tempo.

Olhar para ti faz-me bem.

{#225.141}

Existem tantas formas de dizer o que guardamos. Já as tenho usado. Já deste por elas? A última foi meio atabalhoada para te dizer que confio em ti. E não o digo aberta ou atabalhoadamente a muita gente.

Fica comigo tudo o resto. Mas fica aqui para não me esquecer: houve um dia em que te disse “confio em ti” e sei que não tens motivos para me magoares.

Um dia digo-te abertamente tudo o resto. Até lá vou jogando com as palavras.

{#222.144}

Recarregar as baterias e as endorfinas. Tudo o que estava a precisar há várias semanas. Guardar tudo para durar pelo menos mais um mês.

Quem tem quem lhe dê um abraço, daqueles apertados de fazer levantar os pés do chão, tem tudo. E eu tenho.

Mais uma vez, não posso esquecer-me que, no meio de tudo o resto, sou uma sortuda. Por pequeninas coisas que são enormes.

{#220.146}

Há dias em que a Depressão me lembra que ainda está presente.

Como hoje. Como nos últimos dias.

{#218.148}

Tudo parece pior com o calor. Especialmente quando já não consegues distinguir a ansiedade de tudo o resto e já não sabes o que é o quê.

Resta suportar tudo e esperar pela análise aos resultados dos exames.

{#214.152}

É possível hibernar no Verão? Não para me esconder do Mundo como em tempos não tão longínquos, apenas para fugir do calor…