Category Archives: {#11.2018}

{#310.56}

Resisti durante algum tempo. Mas hoje dou o braço a torcer. Ou melhor, já dei o braço a torcer há muito tempo. Hoje reconheço a importância de ter deixado de resistir.

Pouco a pouco as coisas foram melhorando. Eu fui melhorando. E hoje cumpre-se mais um objetivo.

Volto ali daqui a 5 meses. Tempo mais do que suficiente para mudar tanta coisa, de preferência para melhor.

{#309.57}

Porquê complicar o que é simples?

O meu trabalho tira-me anos de vida. Pessoas de mal com a vida, de mal com o Mundo, que complicam o que é simples.

Tenho saudades de quando o meu trabalho envolvia tecidos e cores e o que ouvia das pessoas eram palavras gentis. Hoje já nada disso existe, já nada disso acontece. Mas, se pudesse escolher, não hesitava.

Tenho trabalho, sou grata por isso. Mas custa-me ouvir tanta gente de mal com tudo. Mesmo sabendo que não é nada comigo, não é nada pessoal, não sou eu a causa de tanto mal estar. Mas é o meu trabalho e não posso esquecer-me disso. Até quando saio triste por não entender tanto azedume. Tanta energia negativa. Tanta coisa má.

Já gostei mais do que faço. Hoje não sei dizer o que sinto em relação a isso. Só sei que não entendo.

Para quê complicar o que é simples…? Para quê tanto azedume? Para quê tudo isso?

{#308.58}

É só chuva. Nada mais. Também pode ser bom. Também pode ser bonito e confortável.

{#307.59}

Procuro calor… Não estou preparada para o Inverno. Ainda não.

{#306.60}

Continuo a tentar fazer acontecer, remediando a pequena partida que a vida me pregou. Ou tentando remediar. Mas continuo a tentar. E sai tudo ao contrário.

Se calhar é um sinal de que não vale a pena continuar a tentar, de que não vale a pena seguir por ali. Um sinal de que não é para ser.

Gostava tanto de estar errada quando penso que não é mesmo para ser. Mas a verdade é que tento. Continuo a tentar. E o resultado é sempre o mesmo: não dá.

Até quando é que vou continuar a tentar…? Até me doer, como sempre? Não pode ser.

Mas pelo menos tento. Vale de alguma coisa? Serve de algum consolo? Pelo menos tenho tentado. Mas não me serve de nada.

{#305.61}

E lá fora a vida vai passando e acontecendo… E chegamos a Novembro.