{#151.215.2021}

Voltar, sempre, onde já se foi feliz. E recordar, sentindo, aqueles primeiros momentos que ditaram o momento presente.

É tão fácil sorrir com pequenas coisas. Nem que sejam pequenas (grandes?) memórias.

Hoje foi dia de recordar cada passo. A expectativa. As borboletas. Os sorrisos e o nervoso miudinho.

As coisas foram evoluindo desde aquele final de tarde. Ainda há um caminho a percorrer, mas há um gut feeling que me recorda que ainda é possível haver evolução.

Foi bom recordar tudo. E recordo tantas vezes. Mas hoje foi recordar no sítio certo e foi tão bom.

Sim, como previsto o dia de hoje foi um dia bom. Longo. Cansativo. Mas bom. Mesmo que tivesse sido só aquele bocado no jardim, já teria sido bom.

{comentários}

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.