{#268.98.2021}

Hoje? Dormir. Finalmente descansar.

Acordar de manhã a custo, depois de mais uma noite interrompida. Ter consulta com o terapeuta fofinho. Voltar para a cama. Dormir.

Sair da cama para comer. Sofá, televisão e manta. Acabar por adormecer ali. Acordar para jantar. Voltar para a cama.

Agora. Tenho sono, mas já não me sinto tão cansada. Estava a precisar disto. Amanhã já me sentirei melhor, já poderei fazer alguma coisa para ganhar o dia.

E no meio disto tudo, o pensamento sempre longe, sempre no mesmo sítio. Vai continuar por lá. No regresso às rotinas. Que, não sendo minhas, uma ou outra poderiam ser. Quem sabe um dia…

{comentários}

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.