Daily Archives: 29/11/2023

{#333.033.2023}

Dia 333 do ano 2023. Aquele que, em simultâneo, nos diz que faltam 33 dias para acabar o ano.

São números, apenas, não querem dizer absolutamente nada. Mas eu gosto quando os números arranjam forma de brincar como hoje.

Dia, também, de mudar o penso da omoplata. Uma ida até Almada, agenda preenchida para enfermagem até meio de Dezembro.

No regresso, uma passagem pela vila e voltar para casa a custo por vir a pé.

Hoje era dia de Yoga, mas não posso. Ainda não posso. Os pontos são muito recentes, o esforço não é permitido.

Já em casa, receber um telefonema do professor de Yoga a quem já tinha informado que não podia ir. Telefonema para saber como estou, como correu a pequena cirurgia, que hoje eu devia aproveitar para descansar e que no sábado espera por mim para uma aula adaptada.

Soube bem esse telefonema. E também soube bem ter-me dito que me achava bem disposta e que isso era bom sinal. Seja. Não me apetece estar de mau humor. Tenho muita coisa a consumir-me, e ele está a par, mas não quero perder a boa disposição.

E à distância de um clique, uma manhã de partilha, de dar-me a conhecer um pouco mais, falar de coisas que ainda magoam mas com as quais já sei conviver de forma pacífica. Foi bom haver esta partilha. Dar-me a conhecer um pouco mais. E, do outro lado, ser aceite tal como sou e entendida. Não me canso de repetir isto, mas o que existe à distância de um clique é muito bom e importante para mim. Pela primeira vez sinto que sou correspondida e sabe tão bem.

Agora, 22h20m, ainda não é muito tarde, mas é a minha deixa para recolher, aninhar e enroscar. Amanhã prevê-se mau tempo e o dia todo em casa. Mas tenho exercícios de Yoga que posso fazer e que me podem ajudar a trabalhar o equilíbrio. Por isso, amanhã será um dia bom. Por hoje já chega.