{#180.186.2022}

Quarta feira, dia do meio, dia nim, nem não nem sim. Mas hoje foi um dia sim depois de uma terça feira que, de facto, aconteceu.

E foi bom ter acontecido. Porque recuperei o sorriso. A pedido, é certo, mas correspondido sincero e com vontade. E hoje o sorriso mantém-se. E será para manter. Porque faz sentido. E vale a pena.

Ontem serviu também para confirmar algumas coisas. Boas. E essas já ninguém mas tira. A única pessoa capaz de mas tirar sou eu mesma. E não é isso que eu quero. Por isso volto aos hábitos de sempre que não têm razão para desaparecer e se perder por aí por razões que não interessam. Há coisas que sim, valem a pena manter.

E, se me voltarem a pedir um sorriso, voltarei a sorrir. E irei sorrir também com o olhar, se a máscara se impuser.

É bom saber que mantenho o meu porto de abrigo. Julguei-o perdido, é certo. Mas, afinal, estava no mesmo sítio de sempre. E ter essa confirmação fez tanta diferença.

Agora é seguir. Não sei para onde este seguir me leva. Mas há, de novo, um gut feeling presente. Demore o tempo que demorar, um dia vou dar-lhe razão.

{comentários}

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.