{#102.264.2022}

Terça feira e a semana que vai ser mais curta.

Hoje sem grandes descobertas, mas desde ontem um retorno que surpreende. E estamos nisto…de um lado a tempestade perfeita que me recordou que estou viva, do outro o porto de abrigo que me recorda todos os dias que é possível estar-se tranquilo e viver um dia de cada vez, sem pressa.

Se for para escolher, o mais certo é escolher o porto de abrigo. Mas quero experimentar a tempestade perfeita para assim saber valorizar a segurança do porto de abrigo.

Resumindo: estou tramada. Essa é que é essa.

Ainda não percebi como vim aqui parar. Foi tudo demasiado rápido. Mas agora já cá estou. E não sei se quero sair…

{comentários}

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.